Brazil Connections. Conectando os brasileiros no mundo.
Sunday, January 21, 2018
Cultura

Jean Nouvel o mago da arquitetura Internacional

Jean Nouvel
109Vizualizações

Jean Nouvel o mago da arquitetura Internacional

Jean Nouvel, é um arquiteto do superlativo. O homem que criou o Louvre Abu Dhabi, a Galeries Lafayette Berlin, é o mesmo que criou o perfume ‘Homme’ para Yves Saint Laurent.

Se ele tivesse nascido na época dos faraós, certamente teria construído as pirâmides do Egito ou a Esfinge, ou pelo menos desenhado. Jean Nouvel, o arquiteto de todas as épocas, do luxo ao mágico e místico.

O Brazil Connections não está descrevendo o Curriculum Vitae de Jean Nouvel, mas, afirmando para os poucos que ainda não o conhecem que, gênios existem por todas as partes e, esse, sem dúvida é um deles.

Vista do museu para o Mar - foto: Mohamed Samji
O mais recente trabalho de Jean Nouvel: Louvre Abu Dhabi. Vista do museu para o Mar – foto: Mohamed Samji

Sobre o arquiteto

Depois de matricular-se na Escola de Belas Artes de Bordeux, Jean Nouvel ficou em primeiro lugar no exame de admissão da Escola Nacional Superior de Belas Artes em 1966 e obteve o seu diploma em 1972.

Assistente do arquiteto Claude Parent e inspirado pelo planejador urbano e ensaísta Paul Virilio, iniciou sua primeira prática de arquitetura em 1970. Logo depois, ele se tornou um membro fundador do Movimento “Mars 1976”, cujo objetivo era opor-se ao corporatismo dos arquitetos e depois fundador da União de Arquitetura Francesa.

Suas posições fortes e opiniões um tanto provocativas sobre a arquitetura contemporânea no contexto urbano, juntamente com sua capacidade infalível de ingerir originalidade em todos os projetos que ele empreende, formaram sua imagem internacional.

O trabalho de Jean Nouvel não resulta de considerações de estilo ou ideologia, mas de uma busca para criar um conceito único para uma combinação singular de pessoas, lugares e horas.

Galerie Lafayette em Berlin - Jean Nouvel
Galerie Lafayette em Berlin. Vista da parte exterior, à noite, o imponente edificio projetado pelo arquiteto Jean Nouvel.

Suas obras ganharam reconhecimento mundial através de inúmeros prêmios e recompensas francesas e internacionais de prestígio. Em 1989, ele foi premiado pelo Instituto do Mundo Árabe em Paris com o Prêmio Aga-Khan por ser “uma ponte bem-sucedida entre culturas francesas e árabes”. Em 2000, Jean Nouvel recebeu o Lion d’Or da Bienal de Veneza.

Kultur und Kongresszentrum em Lucerna na Suíca
KKL – Kultur und Kongresszentrum em Lucerna na Suíca. Obra espetacular de Jean Nouvel

Em 2001, recebeu três dos maiores prêmios internacionais: Medalha de ouro real do Royal Institute of British Architects (RIBA), Prêmio Imperial da Associação de Belas Artes do Japão e Prêmio Borromini do Centro de Cultura e Conferências em Lucerna. Ele foi nomeado Docteur Honoris Causa do Royal College of Art em Londres em 2002.

Três anos depois, ele recebeu o prêmio anual da Wolf Foundation em Israel “para fornecer um novo modelo de contextualismo e redefinir a dialética entre as características salientes de Arquitetura contemporânea. A Torre Agbar em Barcelona foi premiada com o International Highrise Award 2006 em Frankfurt, “pois dá uma excelente contribuição para o debate atual sobre prédios altos”. Jean Nouvel ganhou o prestigiado prêmio Pritzker em 2008.

O arquiteto Jean Nouvel

O arquiteto Jean Nouvel criou o Louvre Abu Dhabi como uma cidade do museu (medina) que combina a inspiração árabe tradicional com o design contemporâneo e a engenharia eficiente de energia de ponta.

Os visitantes podem caminhar com vista para o mar embaixo da cúpula icônica, composta por 7,850 estrelas metálicas únicas, configuradas em padrões geométricos complexos. Quando a luz solar filtra, cria uma “chuva de luz” em movimento, que lembra as palmeiras sobrepostas nas oásis dos Emirados Árabes Unidos.

Torre Agbar em Barcelona - Obra de Jean Nouvel
Torre Agbar em Barcelona – Obra de Jean Nouvel

Jean Nouvel, o arquiteto do Louvre Abu Dhabi, menciona que: “Louvre Abu Dhabi incorpora um programa excepcional no sentido literal da palavra. Sua vocação é agora expressar o que é universal ao longo dos tempos.

Sua arquitetura torna um lugar de convergência e correlação entre o imenso céu, o horizonte do mar e o território do deserto. Sua cúpula imprime o espaço com a consciência do tempo e do momento através de uma luz evocativa de uma espiritualidade que é própria.

Opera House em Lyon
A cúpula da Opera House em Lyon, França. Obra de Jean Nouvel. Mais uma vez o mago da arquitetura se sobressai como um gênio no meio de tantos outros objetos de arquitetura no mundo.

Entre os principais edifícios completos de Jean Nouvel citamos:

O Instituto do Mundo Árabe

A Fundação Cartier

O Museu Quai Branly em Paris

O Centro Cultural e de Congressos de Lucerna

A extensão ao Museu Queen Sophia em Madri

O Teatro Guthrie em Mineápolis

Os Salões de Concerto Filarmônico em Copenhague e Paris

Instituto Árabe
Instituto Árabe, obra magnífica de Jean Nouvel. O homem que aproxima o mundo árabe do ocidental.

Entre os projetos em andamento:

a extensão 53W53 Tour de Verre MoMA em Nova York,

as torres do escritório Hekla e Duo em Paris,

o complexo cultural “The Artists ‘Garden” em Qingdao e

o Museu Nacional de Arte da China (NAMOC) em Pequim.

Leave a Response

Translate »
error: Content is protected !!
%d bloggers like this: